Chefe da Mercedes ficou surpreso com a aposentadoria de Rosberg

Nesta sexta-feira (2 de dezembro de 2016), tivemos a surpresa. O alemão Nico Rosberg, decidiu se aposentar da Fórmula 1. E anunciou sua intenção em uma coletiva de imprensa da FIA antes da festa anual de premiação.

A decisão pegou desprevenidas até as pessoas mais próximas a Nico. Perguntado se sabia da decisão de Rosberg, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse: “Não. Eu tive uma pequena sensação que de que havia algo acontecendo que não pude avaliar o suficiente quando viajamos.”

“Me pegou completamente de surpresa, e vi alguns membros da diretoria – entre eles Niki (Lauda) – igualmente surpresos. É algo que nunca imaginamos, mas, da mesma forma, isso realmente causa admiração dentro de mim.”

“Ele sabe exatamente o que está fazendo, ele está no controle de seu pensamento. Desde o primeiro momento que ele me disse isso, ele disse que não houve qualquer dúvida de que esta seria sua decisão.”

Wolff disse que o processo de escolha de um substituto para Rosberg, que tinha assinado até 2018, só ocorrerá na próxima semana.

“Eu acho que primeiro temos de dar a Nico a oportunidade de dizer a todos que ele está parando.”

“Nós não queríamos que isso vazasse, então mantivemos isso em um círculo muito pequeno. Agora temos que considerar todas as opções, e será muito difícil. Vamos começar a olhar para isso na segunda-feira.”

“Será um processo estruturado e muito racional. Nós vamos pensar juntos – Niki e eu temos tido discussões já nestes últimos dois dias e vamos voltar a falar na segunda-feira, quando voltaremos para Brackley (fábrica da Mercedes). Vamos nos sentar com os engenheiros e espero encontrar alguém que possa corresponder à nossa expectativa.”

Deixe uma resposta

Chefe da Mercedes ficou surpreso com a aposentadoria de Rosberg

Nesta sexta-feira (2 de dezembro de 2016), tivemos a surpresa. O alemão Nico Rosberg, decidiu se aposentar da Fórmula 1. E anunciou sua intenção em uma coletiva de imprensa da FIA antes da festa anual de premiação.

A decisão pegou desprevenidas até as pessoas mais próximas a Nico. Perguntado se sabia da decisão de Rosberg, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse: “Não. Eu tive uma pequena sensação que de que havia algo acontecendo que não pude avaliar o suficiente quando viajamos.”

“Me pegou completamente de surpresa, e vi alguns membros da diretoria – entre eles Niki (Lauda) – igualmente surpresos. É algo que nunca imaginamos, mas, da mesma forma, isso realmente causa admiração dentro de mim.”

“Ele sabe exatamente o que está fazendo, ele está no controle de seu pensamento. Desde o primeiro momento que ele me disse isso, ele disse que não houve qualquer dúvida de que esta seria sua decisão.”

Wolff disse que o processo de escolha de um substituto para Rosberg, que tinha assinado até 2018, só ocorrerá na próxima semana.

“Eu acho que primeiro temos de dar a Nico a oportunidade de dizer a todos que ele está parando.”

“Nós não queríamos que isso vazasse, então mantivemos isso em um círculo muito pequeno. Agora temos que considerar todas as opções, e será muito difícil. Vamos começar a olhar para isso na segunda-feira.”

“Será um processo estruturado e muito racional. Nós vamos pensar juntos – Niki e eu temos tido discussões já nestes últimos dois dias e vamos voltar a falar na segunda-feira, quando voltaremos para Brackley (fábrica da Mercedes). Vamos nos sentar com os engenheiros e espero encontrar alguém que possa corresponder à nossa expectativa.”

Deixe uma resposta